Beneficiários Diretos

 

Parte destes utentes vem de famílias carenciadas e de Lares de Acolhimento. Todos eles integram a Associação Rumo à Vida. Temos também sido contatados por muitos pais e escolas que procuram resposta para jovens com problemas de desenvolvimento e que não a encontram na escola regular.

Com a mudança de instalações, é possível aumentar o número de beneficiários para 50 a 60, dado que a procura dos serviços prestados é crescente.

Os beneficiários diretos distribuem-se como sendo 30 para ensino e 30 para o centro de atividades de autonomização. A Segurança Social e a Câmara Municipal de Matosinhos consideram esta resposta fundamental por serem valências em falta.

Os alunos da valência educativa, têm no seu horário as manhãs maioritariamente preenchidas por atividades académicas funcionais em sala de aula, e durante a tarde as atividades associadas aos ateliers, atividades físicas e terapêuticas.

Para os clientes do CAO prevê-se a sua divisão em três grupos funcionais com cerca de 10 jovens, cada. A proposta de trabalho com estes jovens assenta em 4 grandes blocos distribuídos ao longo do dia. Um bloco destinado à consolidação das matérias aprendidas relativamente ao português e matemáticas funcionais onde também é incluída a atividade física. Outro bloco destinado à aprendizagem e desenvolvimento de técnicas relacionadas com a agricultura e jardinagem. Os dois restantes destinam-se, um ao desenvolvimento de técnicas de artesanato e confeção em atelier e outro à aprendizagem e ao desenvolvimento de competências associadas à culinária.